sábado, 15 de novembro de 2008

Voa livre





Voa gaivota voa livre dás um rasante e voa...
Fico a admirar tua liberdade...
Ah! Que bom seria ser uma gaivota...
Voar livre e depois descansar em um penhasco...
Admirando a natureza. Ah! Voa gaivota, voa livre...
A gaivota que um dia eu vou ser!!

Lúcia Calife
15/10/08

2 comentários:

Patrícia Rubim disse...

Como já tinha dito, amei o poema. E estou esperando ansiosa por mais. Vou acompanhar esse blog de perto agora. =)

Beijos

Sonho Meu disse...

Oba Lucia,
Voce agora tem blog. Garante que vai adorar.
Welcome to the blogsfera !
bjs,
me